(11) 2442-2020 contato@leymar.com.br

Com o final do exercício social, é necessário que as empresas já definam os procedimentos para inventariar estoques, que podem ser de mercadorias, matérias primas, produtos em elaboração e produtos acabados.

Inicialmente deve ser feita a contagem física dos estoques seguida de uma avaliação dos mesmos quanto a prazo de validade e enquadramento nas especificações. Feito isso os estoques devem ser devidamente registrados no livro de inventário e contabilizados pois são um ativo da empresa e devem ser registrados no balanço patrimonial no grupo de ativo circulante.
Materiais obsoletos, deteriorados ou fora de especificação devem ser baixados e lançados ao resultado como perda, obedecendo aos requisitos legais. (Art. 291 – RIR 1999)
Empresas que não possuem um rigoroso controle do seu estoque podem ter dificuldades com advento da obrigatoriedade do Bloco K.
É fundamental que as empresas invistam em softwares que as auxiliem nos controles para gerar as informações de entrega do arquivo digital no SPED livre de erros e com segurança, evitando assim, problemas com o fisco.